Pixel do Facebook
Close

4 de novembro de 2019

Tipos de picking: como escolher o ideal?

Tipos de picking

Por ser considerada uma das etapas mais importantes e mais caras do processo logístico, as empresas precisam conhecer os tipos de picking existentes e identificar qual (ou quais) deles se encaixa melhor nas suas necessidades.

O picking é a etapa de separação de pedidos. É aquele momento no qual o operador logístico percorre os corredores do armazém recolhendo as mercadorias que serão entregues para os clientes. Quanto mais ágil for este processo, mais rápido também e encomenda chegará ao seu destino.

Definir os tipos de picking é uma tarefa que exige muita observação e planejamento. Isso porque a escolha do método vai influenciar na produtividade dos funcionários, na execução das tarefas de movimentação de mercadorias, na organização interna do armazém e no relacionamento da empresa com os clientes.

LEIA MAIS: Como otimizar os processos de picking e packing?

 

Tipos de picking mais comuns nas empresas logísticas

O picking pode ou não ser realizado com a ajuda da tecnologia. Esta ferramenta é, sim, importante aliada da logística na hora de definir qual método mais adequado para otimizar processo de separação e coleta de produtos. Porém, a forma mais assertiva do seu uso vai depender dos objetivos e características da empresa.

Conheça os tipos de picking mais utilizados nos armazéns logísticos:

  • Picking por pedido

Também chamado de picking discreto, é um dos tipos de picking mais comuns nas empresas. A pé ou com ajuda de carrinhos e maquinários maiores, o operador se movimenta pelos corredores do armazém fazendo a coleta dos pedidos nas prateleiras. Neste sistema o operador atende um pedido por vez.
Tipo de fluxo ideal: empresas que recebem poucos pedidos com grandes quantidades de mercadorias.

  • Picking manual

Bastante comum nos armazéns logísticos, no picking manual o operador logístico percorre os corredores para retirar a quantidade certa de mercadorias de um ou mais pedidos. A grande vantagem deste tipo de picking é que ele é simples e pode ser usado em diferentes estruturas de armazéns.
Tipo de fluxo ideal: empresas com pequena ou média quantidade de pedidos e com coleta de produtos de grandes dimensões.

LEIA TAMBÉM: Qual o melhor tipo de iluminação para armazéns logísticos?

  • Picking por lote

Neste método, o operador espera acumular uma determinada quantidade da mesma mercadoria para se deslocar até a prateleira apenas uma vez. Feita a coleta, inicia o processo de separação para colocar os produtos nas caixas correspondentes.
Tipo de fluxo ideal: muitos pedidos com pouca quantidade de mercadorias cada um. Além disso, a diversidade de produtos não pode ser elevada.

  • Picking por zona

Para aplicar este tipo de picking, é necessário dividir o armazém por áreas, e cada operador é responsável por uma delas.

Dessa forma, a equipe (ou o funcionário responsável) se encarrega de fazer o recebimento e a separação dos pedidos apenas neste espaço delimitado.

Caso haja pedido em outras áreas, a equipe da zona correspondente se encarregará de localizar as mercadorias. No picking por zona, também conhecido como picking por área, o uso de maquinários (esteiras, por exemplo) pode ajudar na otimização do trabalho.
Tipo de fluxo ideal: empresas com muitos pedidos, mas com poucas quantidades de itens em cada um.

  • Picking por onda

Neste tipo de picking o pedido é atendido de maneira individual. Os operadores logísticos, cada um em sua zona ou lote, trabalham ao mesmo tempo para reunir as mercadorias e a quantidade solicitada. Quando o pedido é atendido, passa-se para o próximo.
Tipo de fluxo ideal: pedidos com quantidade média ou alta de mercadorias. Também utilizado para otimizar serviços de distribuição de carga fracionada ou grandes pedidos para apenas um cliente.

CONTINUE LENDO: Existe um modelo standard de logística?

  • Voice picking

Este tipo de picking recorre à tecnologia para otimizar o serviço. Cada funcionário possui um terminal com fone de ouvido e microfone para receber as orientações necessárias e localizar as mercadorias solicitadas.

A vantagem é que o operador logístico fica com as mãos livres para movimentar as mercadorias com segurança e tranquilidade.
Tipo de fluxo ideal: armazéns com muitos funcionários se movimentando, número de pedidos elevado ou com mercadorias de grandes pesos e dimensões.

  • Pick to light

Este método utiliza recursos tecnológicos, entre eles o software WMS (Warehouse Management System). Os produtos ficam bem próximos do operador logístico, que consegue reunir as mercadorias solicitadas nos pedidos com rapidez.

Ao se basear por luzes e números, o funcionário localiza as mercadorias e a quantidade certas a serem colocadas nas caixas.

O pick to light (ou pick by light) permite o uso de diferentes cores para otimizar a reunião de várias mercadorias em um mesmo pedido, melhorando a produtividade e o tempo de finalização das atividades.
Tipo de fluxo ideal: empresas que necessitam de agilidade na separação de produtos e que recebam muitos pedidos com quantidade média de mercadorias.

 

Como saber quais tipos de picking se encaixam na empresa?

Entre os serviços que envolvem a logística, o picking é um dos que merece maior atenção. Sem uma organização adequada nesta etapa, o pedido levará mais tempo do que estabelecido para chegar ao destino e ainda corre o risco de chegar com erros, manchando a relação entre empresa e cliente.

Por este motivo, é importante escolher bem os tipos de picking que serão utilizados na rotina da empresa. Para isso, é importante levar em consideração fatores como:

  • Quantidade de mão de obra disponível;
  • Tamanho do armazém;
  • Quantidade de pedidos e periodicidade;
  • Sortimento de mercadorias e medidas;
  • Redução de tempo na separação de pedidos;
  • Economia de gastos.

Além de escolher um parceiro logístico ideal que ofereça tipos de picking que atendam prontamente às necessidades da sua empresa, é importante observar os demais serviços que ele oferece.

A Lotus Logística possui variadas soluções para alavancar os negócios da sua empresa. Premiada consecutivas vezes pela PepsiCo pela qualidade do seu serviço de distribuição de cargas fracionadas, está localizada em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Por isso possui fácil acesso ao Porto de Santos e a rodovias importantes, como Imigrantes e Anchieta.

Conheça todos os serviços entrando em contato pelo telefone 11 4342-0990 ou pelo email administrativo@lotuslogistica.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *